7 de mar de 2012

Direitos e Deveres da Mulher


Porque será que este dia não perdeu seu destaque como tantas outras datas?                                            O primeiro fato aconteceu há 155 anos, com a morte de 130 operárias em uma fábrica em Nova York por reivindicarem melhores condições de trabalho, mas o dia 08 de março só foi reconhecido pela ONU 53 anos após este fato.                                                               
No Brasil nossa história começa a tomar peso em 1932, o direito de votar e serem eleitas na política, ou seja, 22 anos após o reconhecimento da ONU.  As mulheres “comemoravam” há 50 anos este dia quando veio uma grande conquista: a pílula anticoncepcional. A partir de 1960 houve mudanças nos costumes, o foco das lutas era pela igualdade de direitos.  Ok, história vocês sabem e devem estar se perguntando onde quero chegar. Quero resposta à pergunta inicial.
Somos lembradas hoje por nossas constantes conquistas, nossas mutações? Porque elogiamos ou criticamos quando necessário? Está certo que, às vezes, passamos do ponto com nossas reclamações e ou insatisfações, mas isso também não faz parte de ser lembrada? A mulher cria seus filhos, ouve suas amigas, cuida de seus pais, organiza sua casa, administra por tabela o trabalho do parceiro e ainda trabalha. Calma, homens leitores sabemos que vocês estão cada vez mais participativos, mas o melhor deste artigo vem agora.
Nós, mulheres poderosas somos ótimas em reivindicar nossos direitos, mas ainda creditamos aos homens alguns de nossos feitos. Por exemplo, depois de uma resolução tomada com os filhos, com a administração da casa ou um conselho sugerido aos projetos do parceiro a mulher diz que foi dele, homem, a decisão.                                                           E os deveres: a responsabilidade da vida afetiva e sexual tem que ser do homem? Voltemos a história, 52 anos de reivindicação pela igualdade de direitos!! Sim, também direitos de qualidade de vida a dois e os homens é que são “responsáveis por estas iniciativas”? Cultura machista, acomodação feminina, direito de poder continuar reclamando.                                                                                                                                   
Mulheres se é para termos direitos temos que assumir nossa agradável parte nestes deveres. Imagine o efeito que o cumprimento destes podem causar a você e aos que a cercam, como diminuir o afastamento e a hostilidade entre as pessoas, melhorar o bom humor e consequentemente a produtividade no trabalho.                                                                Estamos em 2012 e a ordem do dia é PARCERIA, portanto mulheres do meu Rio Grande façam jus às estatísticas nacionais que dizem sermos “mulheres de vanguarda”. Faça sua parte e tenha o DEVER de comemorar o SEU DIA MULHER.